top of page
  • Léo Begin

Por quê os posts nas redes sociais estão flopando tanto?

Atualizado: 30 de mar. de 2021

“Mds! Quase ninguém mais curte meus posts, ninguém comenta, não interagem! Tou totalmente flopado!”

Esse é o tipo de comentário que ouço todos os dias, de produtores de conteúdos, empresários e gestores de redes sociais. Todos reclamando da queda do alcance dos posts orgânicos e até mesmo dos patrocinados. E para quem depende do marketing digital para promover seus negócios e se conectar com o público, isso é realmente algo muito alarmante e preocupante.

Surfando na onda desse caos, vejo muitos “gurus” apresentarem receitas e fórmulas mágicas para aumentar o engajamento, algumas (raras) funcionam, outras são só perda de tempo mesmo.

E se é pra falar de flop eu tenho uma certa autoridade no assunto, afinal é só ver o engajamento dos meus posts que você irá perceber que eu sou o rei dos posts sem sucesso! Apesar de trabalhar com isso.. casa de ferreiro, já sabe né? Ops! Momento de crise existencial, vou ali chorar, já volto... Mas afinal, por quê as postagens estão perdendo engajamento nos últimos meses? Para essa análise, vamos partir do princípio que seus conteúdos tem qualidade, são relevantes e mesmo assim não estão performando como esperado. Ok?

Não vou falar de algoritmos, de tempo de vida de uma rede social, nada disso. Farei uma análise lançando mão da psicologia comportamental aplicada ao marketing, para isso eu peço que vc acompanhe meu raciocino se colocando no lugar de usuário/consumidor de conteúdo e não de quem produz.


1: Estamos vivendo uma pandemia, que tem consumido nossa sanidade mental, tirado a vida de milhares de pessoas, muitas próximas a nós e quem amamos. Estamos exaustos, alguns perdendo as esperanças e sem perspectiva de um cenário diferente ao menos a curto e médio prazo. A economia também não anda bem... Nos momentos de navegação pelas redes sociais, a maioria das pessoas tem buscado entretenimento, um momento de anestesia e desligamento da realidade, “aquele momento de alienação gostosinha”. E paciência zero para ficar vendo propagandas e posts corporativos de marcas e negócios.


2: O excesso de conteúdos gera desinteresse: quando você é bombardeado demais com muitas informações, aquilo tudo meio que perde a graça, vc perde o interesse... É igual a comer em um restaurante sofisticado todos os dias: vai chegar um dia que tudo que vc mais deseja é comer um arroz com feijão e ovo feito em casa.

3: Muita informação gera uma sensação de caos. Não conseguimos assimilar todas as informações às quais somos submetidos. E quando tudo está um caos, o que a gente mais quer na vida? Fugir de tudo isso, mas, as redes sociais são viciantes, então, ficamos lá, arrastando o feed, curtindo um post aqui outro ali, sem nem parar para “ver” realmente o conteúdo.


Tá, Léo, mas a gente precisa vender, precisa divulgar, precisamos ser vistos e desejados pelos nosso público, afinal os boletos, esses sempre “engajam”. Pois é... vamos conversar sobre isso nos comentários, ou (como provavelmente esse vai ser mais um post flop rsss chorindo) na próxima publicação daremos continuidade nesse papo filosófico de buteco sobre marketing. Nos vemos nos comentários, ou no próximo post!


Não desanime, todo caos se aquieta um dia!


 

Quem sou eu

Eu sou Léo Begin, especialista em Marketing e Negócios e consultor de Marketing & Branding para profissionais e empresas.


E-Mail: contato@leobegin.com - Whats: (47) 9 9641-9972 - Site/blog: www.leobegin.com


Siga-me nas redes sociais para não perder nenhum conteúdo

- Instagram - Youtube - Facebook - Linkedin

................................................

Formado em TI MBA em Marketing e Negócios Outros cursos: - Branding, Construção Estratégica de Marcas - Marketing Digital - Hipnose Conversacional (Neuromarketing) - Analista Comportamental DISC

378 visualizações1 comentário
bottom of page