top of page
  • Léo Begin

TRÁFEGO ORGÂNICO X TRÁFEGO PAGO - as armadilhas do marketing digital para pequenas e médias empresas



As pequenas e médias empresas (PMEs) enfrentam desafios únicos quando se trata de marketing digital. Com recursos limitados e equipes menores, é importante que elas estejam estratégicas em suas escolhas de marketing. Infelizmente, muitas PMEs cometem o erro de apostar somente no tráfego orgânico para gerar leads e aumentar suas vendas. Neste artigo, vamos explicar por que essa abordagem é uma péssima ideia e o que as PMEs devem fazer em vez disso.


Em primeiro lugar, o tráfego orgânico é geralmente mais difícil de obter do que o tráfego pago. Isso porque o tráfego orgânico depende de um alto ranqueamento nos mecanismos de busca, o que é difícil de alcançar, especialmente para as PMEs que estão competindo com empresas maiores e mais estabelecidas. Além disso, as regras dos mecanismos de busca estão constantemente mudando, o que pode fazer com que as PMEs tenham dificuldade em manter seus rankings.


Em segundo lugar, o tráfego orgânico geralmente é mais lento para gerar resultados do que o tráfego pago. Isso porque o tráfego orgânico depende de um alto ranqueamento nos mecanismos de busca, o que pode levar meses ou até anos para ser alcançado. Além disso, o tráfego orgânico geralmente é menos qualificado do que o tráfego pago, o que significa que as PMEs podem ter dificuldade em converter esse tráfego em leads e vendas.


Por fim, o tráfego orgânico é geralmente menos escalável do que o tráfego pago. Isso porque o tráfego orgânico depende de um alto ranqueamento nos mecanismos de busca, o que é difícil de alcançar e mantê-lo, e depende de muito esforço e dedicação para manter. Além disso, o tráfego orgânico não permite que as PMEs segmentem sua audiência de forma eficaz, o que pode dificultar a geração de leads e vendas.


Em vez de apostar somente no tráfego orgânico, as PMEs devem investir em estratégias de marketing digital mais amplas que incluem tanto o tráfego orgânico quanto o tráfego pago. Isso pode incluir o uso de anúncios nos mecanismos de busca e nas redes sociais, bem como o uso de marketing de conteúdo e otimização de mecanismos de busca (SEO) para aumentar a visibilidade da marca e atrair tráfego orgânico qualificado. Além disso, as PMEs devem investir em ferramentas de automação de marketing para ajudá-las a segmentar sua audiência e personalizar suas campanhas de acordo com as necessidades de cada cliente potencial.


Outra estratégia importante é investir em uma presença forte nas redes sociais. As redes sociais são uma ótima maneira de se conectar com seus clientes e aumentar sua visibilidade online. Além disso, as PMEs podem usar as redes sociais para impulsionar suas campanhas de marketing e aumentar o alcance de suas mensagens.


Finalmente, é importante lembrar que o sucesso no marketing digital não vem de uma única estratégia, mas sim de uma combinação de várias táticas e estratégias. As PMEs devem ser flexíveis e estar dispostas a testar novas ideias e ajustar suas estratégias à medida que aprendem mais sobre sua audiência e o mercado. Ao fazer isso, elas poderão maximizar seus resultados e alcançar o sucesso online.



Espero que essas dicas tenham sido úteis e que elas possam ajudar a sua empresa a atrair novos clientes. Compartilhe com quem possa se interessar.

Deixe seu comentário, dúvidas... sua opinião é muito importante!

 

Este artigo foi escrito com ajuda de uma IA (Inteligência Artificial), desenvolvida pela organização OpenAI. o GPT-3 é um modelo de linguagem baseado em redes neurais, que prevê a possibilidade de uma sentença de texto ser coerente, ou seja, fazer sentido para a compreensão humana. que gera textos como se fosse um humano.

 

Sobre

Eu sou Léo Begin, especialista em Marketing e Negócios e consultor de Marketing & Branding para profissionais e empresas.

E-Mail: contato@leobegin.com

Whats: (47) 9 9641-9972

Site/blog: www.leobegin.com


Siga-me nas redes sociais para não perder nenhum conteúdo

Instagram - Youtube - Facebook - Linkedin

................................................

Formado em TI MBA em Marketing e Negócios Outros cursos: - Branding, Construção Estratégica de Marcas - Marketing Digital - Hipnose Conversacional (Neuromarketing) - Analista Comportamental DISC

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page